26 de Abril - Agrishow

of 16

Please download to get full document.

View again

All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
PDF
16 pages
0 downs
15 views
Share
Description
1. Especial Agrishow TERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016 A CIDADE DE 25 A 29 DE ABRIL 23ª FEIRA INTERNACIONAL DE TECNOLOGIA AGRÍCOLA EM AÇÃO Em busca de bons negócios…
Transcript
  • 1. Especial Agrishow TERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016 A CIDADE DE 25 A 29 DE ABRIL 23ª FEIRA INTERNACIONAL DE TECNOLOGIA AGRÍCOLA EM AÇÃO Em busca de bons negócios Agrishow 2016 começa com previsão otimista mesmo diante do cenário econômico atual e o Plano Safra 2016/2017 em fase adiantada é incentivo para os produtores WEBERSIAN/ACIDADE
  • 2. CRED O produtor de café, hortaliças e car- ne bovina Ivan Ismael Pires Bueno acre- dita que o investimento em novas má- quinas, equipamentos e conhecimen- to é uma das melhores formas de melho- rar os processos no campo e ampliar a produtividade. Ele é o retrato de um se- tor que, mesmo com as dificuldades eco- nômicas e políticas atuais, segue produ- zindo e apostando em dias melhores. As- sim como a agropecuária brasileira co- mo um todo, Ivan sentiu o baque da crise com redução de vendas internas, mas ga- nhou em exportações, com a valorização do câmbio. E o incentivo para que Ivan e todos os produtores rurais do País possam in- vestir para aproveitar as oportunidades e driblar as dificuldades deste momen- to está no planejamento e no crédito. Por isso, a importância de um Plano Sa- fra 2016/2017 que atenda a essas necessi- dades. E ontem, a abertura da 23ª edição da Agrishow aumentou as expectativas positivas do setor ao confirmar a discus- são adiantada do Plano Safra – que deve ser anunciado pelo Governo Federal até o dia 30 de junho – e trazer lançamentos que aumentam a produtividade nas la- vouras. Até sexta-feira, a feira se torna o campo fértil que a agricultura precisa pa- ra melhorar processos e su- perar a crise. Investimentos para combater a crise e melhorar os processos no campo R$ 300 MIÉ QUANTO O ORÇAMENTO DO BNDES DEVE AUMENTAR NO FINANCIAMENTO DO PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO DA FROTA DE TRATORES AGRÍCOLAS E IMPLEMENTOS ASSOCIADOS E COLHEITADEIRAS (MODERFROTA) AINDA PARA A O PLANO SAFRA 2015/2016. EDIÇÃO Raíssa Scheffer REPORTAGEM Gabriela Castilho EDITOR DE ARTE Daniel Torrieri EDIÇÃO DE FOTOGRAFIA Mariana Martins TRATAMENTO DE IMAGENS Franciely Flamarini CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Antonio Carlos Coutinho Nogueira José Bonifácio Coutinho Nogueira Filho André Coutinho Nogueira José Bonifácio Coutinho Nogueira Neto Marcos Frateschi Fernando Corrêa da Silva GERENTE DE PUBLICIDADE Marco Vallim marco.vallim@jornalacidade.com.br DEPARTAMENTO COMERCIAL comercial@jornalacidade.com.br TELEFONE (16) 3977-2172 A CIDADEDESDE 1905 DIRETOR DE JORNAIS E MÍDIAS DIGITAIS Josué Suzuki EDITOR-CHEFE Thiago Roque thiago.roque@jornalacidade.com.br REDAÇÃO Rua Javari, 3099 Jardim Ipiranga Fone (16) 3977-2175 CEP 14015-040 - Ribeirão Preto/SP Agrishow 2 A CIDADE TERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016
  • 3. 3A CIDADETERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016
  • 4. WEBER SIAN / A CIDADE ACONTECEU NA AGRISHOW “O Brasil é feito de trabalhadores. Não podemos ter uma política de alta de juros desta forma. O custo Brasil é sinônimo de perda de emprego” Geraldo Alckmin Governador de São Paulo, sobre o cenário econômico do País 30.000REAIS: É O VALOR DO PRÊMIO BRASIL AGROCIÊNCIA, VENCIDO PELO PESQUISADOR DA EMBRAPA ELISEU ROBERTO DE ANDRADE ALVES Seguro agrícola: hora de ampliar e pensar diferente Importância do recurso foi um dos assuntos da coletiva da feira ontem – e organizadores pedem mais atenção do Governo Federal Coletiva de imprensa, 8h30, Ribeirão. Um dos as- suntos discutidos é a am- pliação do seguro agrícola – que, para o presidente da feira e da Faesp, Fábio Mei- relles, deveria ser uma das prioridades do Governo Fe- deral por ser uma saída com resposta quase imediata. “O governo não tem vi- são do nosso país como tro- pical. O seguro deveria cor- responder à noção exata do risco e da rentabilidade da agricultura”, defendeu. Para o presidente da CNA (Confederação Nacio- nal da Agricultura), João Martins da Silva Júnior, o órgão tem tomado inicia- tivas em conjunto com o Fundo de Reserva Agrope- cuário para mudar tal rea- lidade. “É possível ampliar o seguro agrícola, mas des- de que haja boa vontade do governo. É preciso pensar no seguro rural não como recurso bancário, mas co- mo uma forma de produzir com qualidade”, disse. Também estiveram pre- sentesodiretordaAgrishow, José Danghesi, o presidente de honra da feira, Maurílio Biagi, o presidente da Abi- maq, Carlos Pastoriza, o di- retor executivo da Anda, Da- vid Roquetti, e o vice-pre- sidente da Abag, Francisco Maturra. Cenário econômico do País marcou discursos de abertura A cerimônia de abertura ocorreu às 11h e foi marcada por discursos sobre a atual situação da economia, o cenário político e teve até protesto. Nos discursos das autoridades presentes, a incerteza sobre a atual situação da economia foi o tema central.“Em relação à política monetária, o Brasil parece que vive uma patologia. O Brasil é feito de trabalhadores, não podemos ter uma política de alta de juros desta forma. O custo Brasil é sinônimo de perda de emprego”, disse o governador de São Paulo, GeraldoAlckmin (PSDB). Dois manifestantes com cartazes co- braram aumento no salário dos professores estaduais e justiça no caso da “Máfia da Merenda” – no qual o dinheiro público destinado à merenda dos estudantes foi desviado para pagamento de propina a funcionários municipais.Além do governador, discursaram o presiden- te da feira, Fábio Meirelles, a pre- feita DárcyVera (PSD), o secretário estadual daAgricultura,Arnaldo Jardim (PPS) e o ministro da DefesaAldo Rebelo (PCdoB). Convênio com a Andef Reconhecimento e prêmio Durante a cerimônia de abertura, o secretário estadual da Agricultu- ra,Arnaldo Jardim (PPS), informou que a pasta assinará um convênio com a Associação Nacional de Defesa Vegetal (Andef). Segundo Jardim, 47 mil aplicadores de agroquímicos já foram treinados. O secretário também anunciou que fará ainda este mês as entregas de novos equipamentos no programa Pró-Trator. O projeto faz parte do plano de desenvolvimento rural sustentável Microbacias 2 - Acesso ao Mercado, do Governo do Estado de São Paulo. O objetivo do programa é ampliar a competitividade e permitir que os agricultores familiares tenham acesso ao mercado. Durante a cerimônia, o pesquisador da Embrapa Eliseu Roberto de Andrade Alves recebeu o Prêmio Brasil Agrociência e R$ 30 mil devido a sua contribuição para o desenvolvimento do agronegócio nas áreas de inovação, pobreza rural, política agrícola, irrigação, cons- trução e desenvolvimento de instituições.Alves também foi recebeu a Placa de Homenagem da Agrishow. Ministro Aldo Rebelo discursa durante abertura da Agrishow 2016 44444 A CIDADE TERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016
  • 5. 555A CCCIDADETERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016
  • 6. WEBER SIAN / A CIDADE SEU BOLSO R$ 3,54FOI O VALOR DA COTAÇÃO DO DÓLAR ONTEM (25); VALOR TRAZ OTIMISMO PARA NEGOCIAÇÕES DURANTE A AGRISHOW Visitantes durante o primeiro dia da Agrishow Tecnologia sem reajuste Preço dos lançamentos na Agrishow não aumentam mesmo com a alta do dólar; momento é bom para compras Apesar da alta do dólar, que chegou a ser cotado próximo aos R$ 5, os visitantes da 23ª edição da Agrishow poderão aproveitar os lançamentos tec- nológicos sem receio, já que os equipamentos não passarão por reajustes no valor. É o que diz Francisco Ma- turra, vice-presidente da Abag (Associação Brasileira do Agro- negócio). “O impacto do dólar na economia é altamente posi- tivo para o produtor. No cam- po das máquinas, a moeda tem apresentado uma significativa redução e não houve aumen- to nos preços. Com juros de 7,5%, não tem como não com- prar equipamentos agora. Es- te é o melhor momento”, disse durante a coletiva de imprensa nesta segunda-feira (25). Há meses a moeda vem so- frendo com a instabilidade, tendo dias de alta e de bai- xa. Ontem (25), o dia encerrou com o dólar cotado em R$ 3,54, trazendo um mais otimismo para a economia e investidores. Desde o final de 2013, a ins- tabilidade financeira do Brasil fechou centenas de usinas do setor sucroenergético, o forte de Ribeirão Preto e região. Maurílio Biagi, presidente de hona da feira, afirmou du- rante a coletiva que, apesar de a área ter sido uma das mais prejudicadas, está se reerguen- do, trazendo otimismo para os produtores. “O setor sucroenergético foi atingido de uma forma que quase o destruiu, mas está re- começando em função da me- lhora muito forte que houve na produção de açúcar. O País so- freu um baque dantesco. Mas, as mudanças que temos vis- to nos permitem ter otimismo”, afirmou. 6 A CIDADE TERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016
  • 7. De 25 a 29 de abril Rodovia Antônio Duarte Nogueira Km 321 – Ribeirão Preto/SP Visite nosso estande na Agrishow e conte com o Banco do Brasil para realizar bons negócios na feira. 7A CCCIDADETERÇÇA-FEIRA,, 266 DE ABRIL DE 200166
  • 8. ESPECIAL Antecedência é benéfica para o produtor, diz economista Para o economista Roberto Fava, a instabilidade política e econômica enfren- tada atualmente pelo País traz a certeza de que novos cortes no orçamento poderão ocorrer – e a dúvida de quais serão os setores atingidos. "Nós, da agricultura, es- peramos que os mecanismos de incentivo à produção, como o Plano Safra, sejam preservados", explica. Segundo Fava, quanto mais cedo forem anunciadas as regras e os valores de financiamento da agricultura para a pró- xima safra, mais cedo e com mais cuidado o agricultor conseguirá se planejar – tanto com o tipo de semente que plantará quan- to com o tipo de tecnologia a ser utilizada. José Rinco produz café em Espírito Santo do Pinhal e conta com o finan- ciamento do Plano Safra anualmente. Rinco afirma que está sempre atento às mudanças e quaisquer informações sobre o programa, já que atingem diretamente os resultados na sua produção. No entanto, o agricultor diz que o anúncio com antecedência só lhe permite planejamentos mais detalhados quando é com mais tempo. "Este ano o Plano Safra está um pouco mais adiantado, mas acho que no máximo 15 dias, então, não fará muita diferença", explica. “Apesar dos anos de expe- riência, a gente continua aprendendo coisas novas. O Plano Safra é importante para investir nisso.” José Rinco Produtor rural de Espírito Santo do Pinhal “A agricultura precisa de mais incentivo do governo. Os investimentos são impor- tantes. É preciso crédito para as coisas acontecerem.” Ivan Ismael Pires Bueno Produtor rural de São José do Rio Preto Que venha o Plano Safra Bases para o financiamento para 2016/2017 já estão adiantadas – falta apenas a aprovação do Governo Federal Teve início ontem a 23ª edição da Agrishow com a expectativa de ter bons negócios, mantendo o faturamento obtido no ano pas- sado – em torno de R$ 1,9 bilhão, segundo os organizadores. Motivos não faltam para a boa previsão. Uma das motivações é a am- pliação do orçamento em R$ 300 milhões feita pelo BNDES (Ban- co Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) pa- ra o setor. A outra é a confian- ça na manutenção de taxas de juros no Plano Safra 2016/2017. Segundo Carlos Pastoriza, pre- sidente da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máqui- nas e Equipamentos), o próximo Plano Safra está adiantado em re- lação ao anterior. “Só falta o go- verno de plantão, seja quem for, validá-lo antes do dia 30 de ju- nho. A base do plano a ser anun- ciado está bem consolidado este ano”, garantiu. Ainda de acordo com Pastori- za, devido às negociações ocor- ridas com meses de antecedên- cia este ano, será possível validar o próximo plano com nú- meros similares aos do anterior, q u a n - do foram destinados R$ 28,9 bi- lhões para financiar a agricultu- ra familiar. Nesta safra, os recursos chega- ram a R$ 187,7 bilhões para a pro- dução agrícola familiar, segun- do o Ministério da Agricultura. O volume é 20% maior em compa- ração à safra anterior, apesar dos ajustes fiscais. “É diferente do ano passado, quando tivemos um clima de ten- são nas definições dos valores. Is- so é bom, porque qualquer gover- no que possa vir a assumir já terá uma lição de casa feita – bastará anunciá-la”, conclui. Segundo o vice-presidente da Abag (Associação Brasileira do Agronegócio), Francisco Mattur- ro, o próximo Plano Safra não deverá sofrer influência de uma possível mudança de governo. R$ 1,9 BIÉ O VOLUME DE NEGÓCIOS QUE DEVE SER GERADO DURANTE OS CINCO DIAS DE AGRISHOW, SEGUNDO ESTIMATIVA DA ORGANIZAÇÃO – O MESMO VOLUME ALCANÇADO NO ANO PASSADO. 8 A CIDADE TERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016
  • 9. O QUE É O PLANO SAFRA? O Plano Safra é uma forma de financiamento para a agricultura familiar, oferecendo assistência técnica qualificada, mecanismos de segurança para proteção da produção e da renda. Na safra 2014/2015, o crédito ofertado foi dez vezes maior que o contrata- do há 12 anos, quando teve início, segundo o Governo Federal. Os empréstimos são ofertados a juros que variam entre 2% e 5,5% ao ano. Cerca de 2,5 milhões de agricultores familiares contam com o financiamento anualmente para custeio de sementes, adubo, agroquímico, mão de obra e combustíveis usados nos tratores. Com a verba recebida, também passa a ser possível para o pequeno produtor a compra de equi- pamentos modernos que aumentam a produção e garantem a economia nos custos. FOTOS WEBER SIAN / A CIDADE Investimentos em tecnologia são possíveis com o Plano Safra R$ 4 BILHÕESÉ PARA QUANTO FOI O VALOR DESTINADO AO PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO DA FROTA DE TRATORES AGRÍCOLAS E IMPLEMENTOS ASSOCIADOS E COLHEITADEIRAS PARA O PLANO SAFRA 2015/2016, COM O ANÚNCIO DE AMPLIAÇÃO FEITO PELO BNDES ANTES DO INÍCIO DA AGRISHOW. 9A CIDADETERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016
  • 10. O QUE VOCÊ NÃO PODE PERDER WEBER SIAN / A CIDADE TRANSPORTE INTERNO PARA VISITANTES Pela primeira vez, a feira oferece transporte interno gratuito para visitantes se locomoverem entre os estandes. Produtores e demais participantes podem pegar carona em um trenzinho para conhecer as 800 marcas que estão em exposição. O tra- jeto realizado é feito pela rua 1, avenida B, rua 22, retornando pela avenida F até voltar à rua 1. Durante o percurso, serão feitas diversas paradas, permitindo que as pessoas conheçam as marcas e os produtos. PRÊMIO MELHORES DA TERRA O Prêmio Gerdau Melhores da Terra, maior reconhecimento para o setor de máquinas e equipamentos agrícolas da América do Sul, anunciou ontem (25) os vencedores da categoria Novidade Agrishow.As empresas vencedoras serão premiadas em cerimô- nia às 10h30 da manhã de hoje, no Auditório da Fazenda. 10 A CIDADE TERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016
  • 11. FOTOS WEBER SIAN / A CIDADE TIROLESA Quem estiver disposto a enfrentar um pouco de aventura poderá aproveitar a semana de negócios para ter também um pouco de diversão. No estande da Massey Ferguson, o pas- seio de tirolesa de 9 metros de altura é gratuito e funciona durante todo o período do even- to.A brincadeira está disponível para pessoas de todas as idades e não há limite: pode ir quantas vezes quiser. No entanto, crianças só serão permitidas com a autorização dos pais. ALUGUE SUA BIKE Outra forma de você conhecer todas as novidades da Agrishow 2016 é pedalando! Pela primeira vez, os visitantes poderão alugar uma bicicleta e aproveitar ainda mais a feira de agronegócio. Os preços variam entre R$ 15 e R$ 50, conforme a estrutura da bike, e o tempo de permanência com a “magrela” é de até duas horas. 11A CIDADETERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016
  • 12. 12 AAA CIDADE TERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2016 30,00 8,00 15,00 10,00 15,00 WC ESTANDE INTERNACIONAL RODADA E22d1 E22c1 D21d E21d D20d E21b1 E21b F11c E11d1 F11d1 E10d E11a1 F11e E12d1F13b1 F20b1 F22b1 E7a1 30,00 10,00 15,00 15,00 20,0030,00 20,00 15,00 30,00 30,00 60,00 106,00 60,00 30,00 60,00 30,00 30,00 40,00 30,00 40,00 15,00 30,00 30,00 30,00 30,00 40,00 65,00 50,00 65,00 50,00 65,00 50,00 95,00 50,00 95,00 50,00 65,00 30,00 30,00 30,00 30,0030,00 15,00 15,00 30,00 15,00 30,00 30,00 15,0015,00 15,00 15,00 15,00 15,00 15,00 15,00 15,00 30,00 30,00 30,00 30,00 30,00 30,00 30,00 30,00 20,00 30,00 30,00 15,00 30,00 20,00 15,00 20,00 10,00 30,00 15,00 20,00 15,00 20,00 30,00 10,00 15,00 20,00 10,00 15,00 20,00 15,00 15,00 20,00 15,00 10,00 15,00 15,00 20,00 20,00 20,00 15,00 10,00 10,00 20,00 15,00 20,00 15,00 20,00 15,00 20,00 15,00 10,00 70,00 60,00 30,00 25,00 20,00 30,00 30,00 30,00 30,00 60,00 30,00 60,00 66,00 60,00 66,00 60,00 108,00 60,00 68,00 60,00 30,00 60,00 30,00 30,00 30,00 30,00 30,00 15,00 20,00 15,00 30,00 15,00 20,00 30,0068,00 60,00 60,00 141,00 60,00 106,0030,00 60,00 15,00 15,00 30,00 15,00 30,00 15,00 15,00 10,00 15,00 30,00 15,00 15,00 20,00 30,00 20,00 30,00 20,00 30,00 40,00 30,00 60,00 70,00 60,00 60,00 66,00 60,00 66,00 30,00 60,00 20,00 15,00 15,00 15,00 30,00 15,00 15,00 20,00 15,00 30,00 5,00 20,00 40,00 20,00 20,00 20,00 20,00 20,00 22,50 34,25 19,55 21,70 30,00 60,00 10,0030,00 30,00 10,00 15,00 30,00 30,00 MONTADORAS PRA A ALIMENTA O B23 TEXAS PRA A ALIMENTA O B22 13 12 11 15,00 30,00 30,00 30,00 30,00 20,00 20,00 15,00 15,00 E EMBARQUE/DESEM NORTE ESTACIONAMENTO SUL ESTACIONAMENTO SUL JOHN DEERE JOHN DEERE AGEL DA FEIRA FUZIL TRACAN DRIA ATX 22 21 20 A22a1 B22b1 B21c 20,00 FM COPLING A21d B20c 19 A20a A19d PICCIN 18 B19c RUGERI MEC RUL K.O. A19a B18c A18d A18d1 30,00 30,00 15,00 YANMAR AGRITECH A17d 17 16 15 A14d VALTRA 14 CASE IH A11d A10d 10 9 8 7 6 5 4 1 A9d JAN A8d A7d B7c MENTA MIT 40,00 30,00 15,00 A7a A6d B6c KAMAQ G EO AG R I 40,00 15,00 20,00 IPACOL AGRO FORN B5c A6a A5d 30,00 15,00 10,00 A5a A5a1 B4c A4d CEMAG DMB 15,00 20,0010,0010,00 15,00 15,00 15,00 30,00 15,00 B22a 20,0020,00 30,00 C22b1 C22b B21d1 C21c 15,00 JIM ENEZ FO C KIN K BERMADBETTA NAANDAN JAIN 20,00 10,0030,00 15,00 10,00 B21a B21a1 C21b1 C20c B20d C20c1 B22a N ETAFIM TIGRE IRRIGABRASIL B20a B20a1 C19c B19d LINDSAY STEMAC KREBSFER 30,00 15,0015,00 10,00 15,00 20,00 B19a C19b B18d 15,00 VALMONT B17d VENCE TUDO B15d JACTO B11d B9d BALDAN B8d CASALE B7d B6d KUHN B6a B5d B5d1 C5c1 B6a1 C6b1 C6b ENTRINGER PREMAG WIDITEC SAUR CASP KEPLER WEBER B5a B4d B5a1 B4d1 C5b C4c 15,00 20,0010,00 20,0010,00 15,00 WAIGGSI SILOMAX COMIL G R AN FIN ALE B4a B4a1 C3c B3d1 PINHEIRO AGRICOLAS MADEMIL INRODA SILTOMAC CASAPPA 20,00 15,00 B2d C3b1 C2c C2c1 20,00 15,00 15,00 15,00 15,00 B2a C2b1 C1c C1c1 B1d TRITON MAQUINAS FIDO PULSAR CREMASCO BRASPEC HERBICAT 30,00 C21d D21c C20d C18d C15d C11d TATU MARCHESAN C9d STARA C8d NOGUEIRA C7d COLOMBO C4d GTS DO BRASIL C3d D3c SCANIA 20,00 30,00 40,00 C2d D2c 30,00 AGRIMEC ITALIANO C2a NORTE STIHL 10,00 30,00 20,00 E20c1 BUSSOLA INCOMAGRI 30,00 20,00 D19c E19c 20,00 J.F D18d E18c D17d AGRALE D14d NEW HOLLAND AG D10d 105,00 60,00 MASSEY FERGUSON D9d 68,00 60,00 D8d 30,00 60,00 CIVEMASA D7d D6d PLANTI CENTER 30,00 60,00 D5d 30,00 60,00 D4d METALFOR 15,00 30,00 D3d E4b1 E3c GRUPO BERTANHA VICON BPN HYDRAULIC DESIGNERS 10,00 D2d E2b D3a1 E3e D2d1 TDI MAQUINAS AGRICOLAS D1d D2a1 E1c D1d1 30,00 20,00 10,00 20,00 BOMBAS ZM BUDNY JUMIL IMPRENSA PRA A ALIMENTA O D05 TECNOLOGIA DE VISITA MONITORADA 13 12 1122 21 20 19 18 17 16 15 10 9 8 7 6 5 4 2 13 I.A.C. SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO DO ESTADO DE SP SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO DO ESTADO DE SP A9b1 A8c A8b1 A7d1 10,00 10,00 10,00 10,00 AG R IT O TAL AG LEAD ER H EXAG O N AG R IC U LT U R E A6b A6b1 A5c A5b1 A5b PARKER YANMAR E14d 15,00 E12d 20,00 10,00 F13f E12a MARCHER BRASIL E12b F12a 10,00 15,00 30,00 15,00 15,00 10,00 E10d1 AG R O SYSTEM 10,00 15,00 E9d E10a1 E9d1 PIRELLI F10c F9c 15,00 20,00 15,00 20,00 30,00 PNEUS E8d E9a1 F9b E8d1 E8a E7d E8a1 E7d1 F8b MARINI 15,00 10,00 10,00 15,00 E7a E6d E6d1 F7b F6c1 15,00 10,00 15,00 10,00 15,00 STABRA VALFRAN TRONCOS REA FRIO EUROLATTE POTENSAL 15,00 TRONCOS PROGRESSO ORDEMAX COIMMA COCHOS ITABIRA 10,00 15,00 15,00 E6a E5d E6a1 F6b F5c E5d1 10,00 15,00 10,00 E5a E5a1 F5e E4d1 BELGO BEKAERT ARAMES S ROMANCINI RINNERT RIA F4 15,00 F4dF5aF6a WC ROSTER F7a 15,00 15,00 F6d G7a F8a F7d G7c 15,00 15,00 15,00 G10b 30,00 G9c GRUPO MANITOU 15,00 15,00 15,00 15,00 F10a F9dF13aF14a E15d E16b E15c F16b1 20,0030,00 15,00 F16a E17a 3
  • Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks